terça-feira, 10 de janeiro de 2012

Gian, Analdo e Edkléber: exemplos de vitalidade



O meia Gian, capitão do título do Independente de Tucuruí do ano passado, permanece na equipe em 2012, após ter completado 37 anos. No Águia de Marabá, o volante Analdo, próximo de completar 33 anos, e o zagueiro Edkléber, com 36, dividem a responsabilidade de serem os mais velhos do elenco.

“É uma responsabilidade a mais. Nós já conhecemos o futebol paraense, então estamos sempre conversando com a garotada”, contou Edkléber. “O futebol não é fácil. Aconselhamos os mais novos a não desistirem nas primeiras dificuldades que aparecem. É preciso correr atrás”, completou. Para Analdo, a mescla entre atletas mais velhos com os mais novos é essencial. “Nos momentos de pressão, é importante ter experiência”, opinou.

Mesmo sendo um dos jogadores mais respeitados pelo grupo, a idade não interfere na hora das gozações. “O pessoal me chama de ‘tio’, chama o Edkléber de ‘capita’, mas a gente leva tudo na boa. É legal porque torna o ambiente descontraído.”, garantiu o volante.

Mesmo com idade avançada, Edkléber garante que está muito bem fisicamente e ainda não estipulou uma data para abandonar os gramados. “Sempre me cuidei bastante. Não tenho uma lesão séria desde 2009, quando tive um estiramento na coxa. Pretendo jogar por mais dois anos e só aí paro pra analisar se ainda dá pra continuar”.
(Diário do Pará)

Um comentário:

  1. Esse eh o cora do time! o dono da bola com ele o time joga facil

    ResponderExcluir